domingo, 24 de abril de 2011

Crítica: Gritos 4 (2011)

Classificação:  4 / 10


Tenho a dizer que estava com algumas expectativas para ver este filme, mas decepcionou-me na sua maioria, pois sendo um thriller de terror até bem estruturado falta-lhe bastante credibilidade em várias cenas que até chega a ter piada, que não seria suposto.

Utiliza diversos clichés ao longo da história para se chegar a um twist final em que se esperava mais, ficando o público com um sentido de desilusão, existindo no entanto algumas cenas que agarram o público por instantes, devido à realização de Wes Craven.

O Melhor: a cena inicial/abertura do filme.

O Pior: um argumento fraco e pouco credível.

3 comentários:

  1. Ainda não vi o Scream 4, mas vou só referir algo que falaste. É suposto o Scream ser cómico, é suposto ser um comedy horror. Desde o início do franchise que o filme se parodiou a ele próprio e a outros filmes de terror, brincando com esses mesmo clichés. Existem inúmeros exemplos de cenas cómicas nos Scream anteriores e é mesmo suposto rir delas. :)

    ResponderEliminar
  2. Vi o filme ontem e gostei imenso. A saga Scream é fantástica, já tinha saudades, e pegando naquilo que o Tiago disse, é suposto de facto ser uma comedy horror. Houve diversas cenas em que me ri bastante, porque as sátiras implícitas no filme são constantes. Mais logo ou amanha vou publicar a minha crítica do filme, depois dá uma olhadela para veres os pontos que discordas ;)

    Sarah
    http://depoisdocinema.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Obrigado desde já Tiago e Sarah pelos vossos comentários :) Em relação ao filme, mesmo nas cenas satíricas e mais cómicas ficou em mim uma sensação de desilusão, porque penso que há bastanes falhas no argumento a esse mesmo nível, ou seja, sendo suposto rir em certas partes, ou não se ri, ou se se ri não é por mérito do filmes, mas pronto, esta é a minha opinião do filme :)

    ResponderEliminar